Toda a nudez será perdoada

by Punk d'Amour

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      €7 EUR  or more

     

  • Compact Disc (CD) + Digital Album

    O trabalho de arte do Diogo, em papel, fica muito melhor!

    Includes unlimited streaming of Toda a nudez será perdoada via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 3 days

      €10 EUR or more 

     

1.
2.
03:04
3.
04:16
4.
5.
03:34
6.
7.
03:31
8.
9.
10.
02:24

credits

released July 4, 2015

tags

license

all rights reserved

about

Punk d'Amour Lisbon, Portugal

Toda a nudez será perdoada

Gravado e misturado por Filipe Ferraz na Casa Amarela da Montanha e na Casa do Cacto (Ponta do Sol), na Rua Carlos Reis e na Upbeat Studios (Lisboa).

Autores: Filipe Ferraz, Mariana Camacho, Bruno Vitor

Fotografia: Rui Camacho

Ilustração: Diogo Freitas

Produzido por Filipe Ferraz

Masterizado por Nick Burchall (Audio Animals)

Wamãe 2015
... more

contact / help

Contact Punk d'Amour

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: O amor é sujo
O amor é uma aranha de longas patas fletidas
Que passeia gentilmente sobre as costas brancas de
Belas adormecidas

O amor é um facto, o amor é uma ideia
Muito provável, mas impraticavel pra quem
Ame uma sereia

O amor é uma autoestrada, são vidros bem fechados,
Um hotel que passa, e um hotel que passa e
lábios calados

O amor é um rádio ligado, numa musica de Jah
São tardes ao sol e
Colherzinhas de chá

O amor é sujo e não me deixa dormir
Tem o cheiro de quem frita batatas
Trabalha à noite num sitio duvidoso
E é kinky se usa gravatas

O amor esconde-se e estranha-se e espera lá fora
Ameaça como a mira de uma enorme pistola
Eles estranham e elas entranham
Baralham dão cartas por mãos que se venham

E que me interessa a mim que ele arda sem se ver
Eu quero é que ele continue a arder

O amor é sujo e não me deixa dormir
Tem o cheiro de quem frita batatas
Trabalha à noite num sitio duvidoso
E é kinky se usa gravatas
Track Name: Chocolate
Ele olha p’ra mim, como quem vê chocolate
e faz assim: nham nham nham nham huuuuuuum...
E eu fico assim, já nem sei explicar, já me sinto a flutuar...
Já deitei tudo ao chão.

É que às vezes, as vezes são treze, que azar!
Será que ele vai achar, que eu sou desastrada?
Ai eu sou desastrada!
Já deitei tudo ao chão.

Mas ai, porque é que tudo cai?
Quando ele vem, deus sabe que tudo cai!
Cai a fala a mala no chão,
O céu como uma bala
A noite não embala
O verde é magenta
O mar é uma tormenta
E eu... já deitei tudo ao chão.
Track Name: Vanessa
Esse ar de Barbie Glam
Não tem Ken que convença
Não queres amor pra sempre
Vives mais numa de avença

Tens a pele esfoliada
Rabo lipoaspirado
E o direito divino
A um Cristiano Ronaldo

Vanessa, quero comer-te crua
Estou farto de gosto a sabão
Não dormes com homens feios
Mas hoje vais abrir uma excepção

Tens vergonha de ser filha
Da Maria Albertina
De ter sido feliz
A descascar tangerina

Mais pareces do tempo
Em que o rei era o Flack
E a tua cara é igual
Ao catálogo da Robialac

Vanessa, quero comer-te crua
Estou farto do gosto a sabão
Não dormes com homens feios
Mas hoje vais abrir uma excepção

Vanessa, quero comer-te crua
Estou farto do gosto a sabão
Danças na pista com o ego na mão
Controlas o povo com um movimento
Se queimas soutiens cai-te o argumento
Mas essa conversa pra mim é em vão...
Não dormes com homens feios, mas hoje vais abrir uma excepção
Track Name: Balada de Jack and Jane
Oh Jane, estou em fogo
Estou em fogo por ti
Eu normalmente não ardo
Sou naturalmente cool
Mas por ti eu ardo
Oh deus eu ardo por ti, oh tea

Oh Jack, estou em fogo
Estou em fogo por ti
Eu normalmente não ardo
Sou naturalmente cool
Mas por ti eu ardo
Oh deus eu ardo por ti, oh tea

Do Texas ao Colorado
Vai um grande oleoduto
Sobre o Deserto Navarro explode
Crude, branco e bruto
Track Name: Comove-me
Se vieres, é bom que chegues em sonhos
Ou então no Inverno como um banco de nevoeiro
Que sejas ténue, discutível que existas
Trespassável pela luz e mal falar consigas

Que dances para que se faça chuva
E que a chuva leve esta cidade
Este lar e esta jaula desta humanidade

Comove-me
Leva me às lagrimas
Rasga-me a pele, arranca-me a carne

E ao acordarmos, na primeira manhã do mundo
Dinossauros voando sobre as nossas ruínas
Esquecidos, do nome de tudo
Arranhando nas rochas estampas finas

Com mãos e pés só pra nos dois
Mãos e pés só de nós dois
Frio, fome, sorte ou morte

Comove-me
Leva me às lagrimas
Rasga-me a pele, arranca-me a carne

Comove-me...
Track Name: Um rapaz chamado Gina
Deus quer limpar-nos as almas
Deus quer cobrir-nos de palmas
Deus quer lavar-nos os pés... lavar-nos os pés...
lavar-nos os pés...

Eu tenho andado um farrapo
Tenho bebido e fumado
Mais este cheiro a sovaco que nunca me pareceu meu

Estou farto de tanto pêlo
Gosto de ti que me pélo
Vou transformar-me naquilo que eu acho ser eu

Gina se o teu nome e o meu
Se o meu nome e o teu
Forem viver os dois...

Não sei se tu ainda o tens
Mas se a gente se vem
Somos ginas a dois...

Ninguém imagina
Que simplesmente Gina
Um mais um é sempre igual a dois...

E se o amor é coisa fina
Eu visto Gucci e Gina
Vamos jantar uns camarões...

O amor é cego
E eu sou sou sincera
Disso não vais duvidar...

Meti no prego
O meu próprio prego
Mas não a vontade de amar

Sou um rapaz,
Sou um rapaz chamado gina e gosto de
E gosto de uma menina
De olhos grandes
De olhos grandes como aquários
Intercontinentais...

Deus quer limpar-nos as almas
Deus quer cobrir-nos de palmas
Deus quer lavar-nos os pés...
Track Name: Rita
Rita ò Rita
Todo o homem português, deveria
namorar contigo um mês
Em serviço, ao exército sentimental nacional

Cavar trincheiras
Ficar duro ao beijar
As quinas das bandeiras
Dormir sobre o frio colmo e amar-te via síndrome de Estocolmo

Em Setembro em Monsanto
No jantar de agrupamento
Toda a gente, toda a gente, toda a gente,
Lembra-se de ti

Há lá melhor momento
Que um jantar de camaradas
Vinho, risos e presunto
E o silêncio....

Cavar trincheiras
Ficar duro ao beijar
As quinas das bandeiras
Dormir sobre o frio colmo e amar-te via síndrome de Estocolmo

Mas este não é o mundo dos porquês
Só se vai à tropa uma vez
O Costa, o Tavares e o Orelha Transmontano
Esperam que sejas feliz
Track Name: Esquerda Caviar
Esconde bem a risada
À entrada do congresso
Se um velho canastrão
Chamar-te camarada

Afinal de contas tu sabes
Tens o mapa pro futuro
E até tens pena
Que a esquerda tenha caído com o muro

Acha normal
Que na tomada de posse
Todos os ministers
Se conheçam do Liceu Camões

Mas mesmo assim atitude
No teu primeiro discurso
Promete educação
Pra todos sem excepção

És esquerda... caviar
Looking good now
Esquerda... caviar
Dressing good now

Don't tell me about no revolution
I’d rather live among pollution
That have dirt on my suit

Se o puto da sopeira
Morrer de papeira
Porque o plano nacional
Não cobre filhos da mãe solteira

Fica muito triste
Afinal ainda ás humano
Mas de pulso em riste afirma
'A culpa e do Tony Soprano'

É que tu até gostavas
Que os ricos tributassem
Mas a vida é real
E quem vive no ideal morre

Tu és um sobrevivente
És judaico-cristao
Por isso o pouco que faças
É um avanço pra nação

És esquerda caviar
Looking good now
Esquerda caviar
Dressing good now
Don’ tell me about no revolution
I’d rather live among pollution
That have dirt on my suit
Track Name: Alice devagar
Era Alice, chamava-se assim
Conhecida por fazer

Tudo devagar
Devagarinho devagar
Devagarinho devagar

Ao acordar espreguiçava-se devagar
Vestia o vestido devagar

Ia para a escola e corria devagar
E nas aulas, lia, e respondia
Devagar...

Devagar devagarinho
Devagar devagarinho

Devagar...

Na hora de almoçar

Mastigava devagar

Escovava os dentes devagar

Acreditava que sim
Que se fizesse sempre assim
Viveria, e o tempo não passaria

Devagar devagarinho
Devagar devagarinho
Devagar...
Track Name: Anos leves
Anos leves
O céu é verde e grão de filme
Todos os corpos são celestes
Os meninos são todos maus

Anos leves
O Baal de Brecht e anarquia
A mais histérica alegria
O peso e o riso

Anos leves
Senão breves como seriam
Senão breves como seriam
Senão breves...